CFBM participa de Congresso promovido pela Sociedade Brasileira de Circulação Extracorpórea (SBCEC)

21 de abril de 2018

O presidente do CRBM 3, Rony Marques Castilho, participa nesta sexta-feira, 20, do 36º Congresso Brasileiro de Circulação Extracorpórea, no Centro de Convenções de Goiânia. Desde a quinta-feira,19, o evento reúne centenas de profissionais da saúde para debater e se atualizar numa das especialidades que mais têm crescido nos últimos anos no País, mesmo diante da falta de regulamentação.

O presidente do CRBM3 representará o Conselho Federal de Biomedicina, e juntamente com dirigentes dos Conselhos Federais de Enfermagem, Farmácia, Biologia, Fisioterapia entre outros, participará de discussões sobre a normatização de procedimentos para a atividade do profissional responsável pela técnica de monitoramento da circulação extracorpórea aplicada em algumas cirurgias mais complexas.

As Normativas Brasileiras para o Exercício da Especialidade de Perfusionista em Circulação Extracorpórea já foram elaboradas pela Sociedade Brasileira de Circulação Extracorpórea, em parceria com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular (SBCCV), e facilitarão a criação de resoluções pelos conselhos.

“A partir do momento que os conselhos atuarem em comum acordo, a tendência é a regulamentação da especialidade, o reconhecimento do perfusionista e, posteriormente, a criação de Resolução (RDC) da Anvisa para regrar a atividade em todo território nacional”, explica o vice-presidente da Sociedade Brasileira de Circulação Extracorpórea, biomédico Fábio Murilo Costa. A partir daí, a SBCEC será uma sociedade consultiva dos Conselhos, que terão embasamento para fiscalizar o profissional habilitado dentro de sua jurisdição.

Visita

Na quinta-feira, Fábio Murilo esteve reunido com o presidente do CRBM3 Rony Marques, na sede do conselho. O vice-presidente da SBCEC adiantou também que a entidade, em conjunto com a SBCCV, está elaborando um Guideline sobre a rotina dos perfusionistas no mesmo molde preconizado por instituições internacionais da área. “Seremos o primeiro país da América Latina a criar o documento”, afirma Fábio Murilo.

Procedimento

A circulação extracorpórea ou assistência circulatória mecânica consiste na substituição temporária das funções de órgãos vitais de um paciente, como coração ou pulmão, quando esses estão inoperantes, durante uma cirurgia mais complexa. A técnica pode ser empregada em transplantes e quimioterapias. O profissional responsável pelo procedimento é chamado perfusionista e a maioria dos especialistas aptos a monitorar a circulação extracorpórea está na Biomedicina, Enfermagem, Farmácia, Biologia e Fisioterapia.

Para conhecer As Normas Brasileiras para o Exercício da Especialidade de Perfusionista em Circulação Extracorpórea acesse o link: http://www.sbcec.com.br/br/images/pdf/normas_brasileiras_cec.pdf

 

Fonte: CRBM 3

LocalizaçãoOnde nos encontrar?

SCS – Quadra 07 – Edifício Torre do pátio Brasil
Bloco A – Nº 100 Salas 806 a 812
Asa Sul – Brasília – DF – CEP: 70307-901
Telefone: (61)3327-3128

Redes SociaisSiga-nos
Fale ConoscoEntrar em Contato
LocalizaçãoOnde nos encontrar?

SCS – Quadra 07 – Edifício Torre do pátio Brasil
Bloco A – Nº 100 Salas 806 a 812
Asa Sul – Brasília – DF – CEP: 70307-901
Telefone: (61)3327-3128

Redes SociaisSiga-nos

Copyright © 2020 Conselho Federal de Biomedicina – Todos os direitos reservados

Copyright © 2024 Conselho Federal de Biomedicina – Todos os direitos reservados